Supremo Tribunal Federal arquiva 15 denúncias contra senador Ivo Cassol

News3

              O senador Ivo Cassol (PP-RO) comemorou nesta última terça-feira (21), durante a sessão plenária do Senado Federal, o arquivamento de mais uma denúncia contra ele e relatou que de 2011 para cá o Supremo Tribunal Federal já arquivou 15 denúncias contra ele, sendo 13 inquéritos, uma reclamação e uma petição. Todas as ações foram extintas por total falta de provas.

 As denúncias versavam sobre crime de responsabilidade, improbidade administrativa, calúnia e difamação, irregularidades na concessão de incentivos fiscais e crimes contra o meio ambiente. Um dos casos mais relevantes foi o arquivamento de uma ação aberta contra Cassol por ter denunciado os deputados estaduais, que cobravam propina. O assunto gerou repercussão nacional e foi veiculado no programa Fantástico, da TV Globo.

A última denúncia foi arquivada pela ministra do STF, Rosa Weber, na semana passada dia 16. O processo remetido à Corte apurava suposto crime de falsidade documental e peculato, quando Cassol era governador de Rondônia. No seu despacho, a ministra acolheu o parecer da Procuradoria Geral da República. No documento, a PGR, sustentou que não existe uma única prova contra o parlamentar nos autos.
Cassol alertou que as denúncias são infundadas e advindas do enfrentamento político, nenhuma por corrupção, super faturamento ou desvio de recursos públicos.

 O senador ressaltou que não tem medo de processos e que não vai se intimidar e nem se acovardar por medo de processos e que vai continuar trabalhando com muita garra e coragem pelo povo de Rondônia. “Muitas vezes o nosso nome é jogado na lama, no esgoto como se os políticos fossem todos bandidos, desonestos, corruptos e vagabundos, quando, na verdade, a maioria das denúncias são vazias e sem procedência. No meu Estado a sociedade, a população em geral sabe da minha conduta, sabe da minha transparência e da minha seriedade a frente da Administração Pública, é isso que me garante as condições de ser representante do povo brasileiro e de Rondônia como Senador da República”, concluiu Cassol.

FONTE: jiparanaaovivo.com.br

Compartilhe:

Deixe seu comentário